Notícias no image

Escrito em 16 março 2012 | Bruno Fernandes (@brun01)

Comentários

Byword para iOS

Imagine poder escrever textos complexos com itálicos, negrito, listas, rapidamente mesmo no teclado do iPhone, num editor de texto que é praticamente invisível. Assim é o Byword, o melhor editor de texto sem distrações do OS X, agora para iPhone e iPad.

Num mundo onde cada vez mais temos distrações constantes, Facebook, Twitter, email, vizinho fazendo DR às duas da manhã… é sempre bom poder imergir-se no seu texto e não existir nada entre você e suas ideias. Já venho usando o Byword no Mac há alguns meses e foi questão de amor à primeira instalada. Posso escrever artigos inteiros em Markdown usando texto simples (.txt) e que pode ser transportado livremente para qualquer aplicativo em qualquer sistema operacional. Além de ser muito mais agradável e visual do que monte de <> por tudo que é canto, numa fonte agradável de baixo contraste, e então gerar um arquivo HTML para postar pelo Tumblr e WordPress.

A versão para Mac foi atualizada recentemente para sincronizar arquivos via Dropbox ou iCloud e assim integrar as duas versões do app. Ao abrir o Byword você pode escolher qual prefere (ou usar apenas localmente) e todos os seus textos irão aparecer por mágica. Existe como buscar textos, mas infelizmente a busca está limitada à data ou nome do arquivo, não busca o conteúdo. Perceba que não há nenhum botão de Ajustes na tela abaixo, apenas o botão de sincronização e o de criar um novo arquivo.

Ao se criar um texto não há menus, não existe barra de ferramentas, apenas uma barrinha na parte inferior que diz a quantidade de palavras e/ou caracteres (dê um toque na barra para mudar a visualização). Não há nem botão de Voltar! Tudo em nome da simplicidade e minimalismo. Para retornar à tela inicial basta arrastar com o dedo para a esquerda.

Para usar Markdown para formatar textos, arrastando a barra para o lado, um teclado especial surge, com atalhos para formatar cabeçalho, links, imagens e listas de um lado e do outro um botão de desfazer, mover o cursor para esquerda/direita e ocultar o teclado por completo. Arrastando a barra para o lado novamente os botões do lado esquerdo são trocados por tab, parênteses, colchetes, aspas e asteriscos (usados para formatar textos).

Para ver como seu texto vai ficar antes de exportar para HTML, enviar por email (em texto simples, texto rico ou até mesmo como anexo), ou imprimir via AirPrint, bastando tocar na engrenagem. A versão para desktop também exporta para PDF, espero que isto venha numa atualização futura. Outras preferências para o arquivo que podem ser alteradas é a fonte, se o app deve capitalizar a primeira palavra de cada frase automaticamente, mostrar que um texto está escrito incorretamente e auto-corrigir textos. Na versão para desktop há um modo noturno com fundo escuro e texto claro que também espero que venha logo.

E para os nerds, o Byword suporta TextExpander (a melhor invenção do mundo depois de pão fatiado) que acelera ainda mais a criação de textos. TextExpander funciona como os Atalhos do iOS 5, transformando automaticamente “vc” em “você”, por exemplo, mas absurdamente mais flexível e poderoso.

No iPad fica bem mais fácil de visualizar o texto (ainda mais na tela Retina) e o teclado é maior então dá para escrever mais rápido ainda. De outro modo, funciona igual como no iPhone.

Quem disse que apps feitos por faladores natos de português tem que ser meia-boca? ;)

Etiquetas: , , , ,



Sobre o autor

Fã da Apple desde que comprou seu primeiro iPod em 2004, Bruno vive em Barcelona com sua esposa e dois gatos que secretamente planejam sua ruína. Ele fundou a Central dos Apps em 2010.



De volta ao topo ↑